Escaladas Serranas
Embora as escaladas urbanas do Rio sejam de excelente qualidade, algumas das vias mais impressionantes estão localizadas nas serras ao norte do estado. Nesta região as formações rochosas tomam proporções gigantescas que inspiram escaladas de aventura em cumes acima de 1.500 metros de altitude. Algumas dessas vias representam marcos importantíssimos na história do montanhismo brasileiro.

 

As montanhas situadas nos parques da Serra dos Órgãos e dos Três Picos oferecem a experiência de escaladas com maior grau de comprometimento. São indicadas para os escaladores que estejam dispostos a enfrentar caminhadas de aproximação mais longas e difíceis, que tenham a experiência adequada em vias longas e que apreciem escaladas com um nível de exposição um pouco mais elevado.

A apenas uma hora de carro do Rio e próximo à cidade vizinha de Teresópolis encontra-se o Dedo de Deus (1692 metros), a agulha mais famosa da Serra dos Órgãos. A via mais freqüentada nessa montanha peculiar é sem dúvida a Face Leste (3+ / 5.6), uma sequência de confortáveis chaminés que levam você a um cume único, de onde é possível avistar até o Pão de Açúcar em dias de céu limpo. Aqueles acostumados a escalar chaminés podem considerar a escalada em si fácil, mas não devem se esquecer da pesada caminhada de aproximação que inclui trechos de via ferrata, além da descida, é claro. Pode ser feita num dia inteiro saindo do Rio de manhã bem cedo e voltando no fim da tarde ou à noite.

 

Dirigindo por mais um par de horas, no caminho entre as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo chega-se ao vale escondido dos Três Picos, lugar também conhecido como Salinas. Essa região é provavelmente um dos melhores destinos para escalada em toda a América Latina. Com impressionantes paredões de pedra a 2.000 metros acima do nível do mar, cortados por vias clássicas de mais de 700 metros de escalada onde predomina o estilo livre e uma temperatura média bem inferior à do Rio, Salinas é o mais próximo que você vai encontrar de uma escalada alpina nos trópicos! As longas caminhadas cruzando os vales do Jaborandi, dos Três Picos e dos Deuses ajudam a criar a sensação de estar num paraíso remoto repleto de montanhas mágicas.

Entre as muitas vias da região fica difícil escolher uma favorita, mas sugerimos começar pela belíssima “No Mundo da Lua” CERJ (5 / 5.9, 280m) no Pontão do Sol, ou pela clássica “Sólidas Ilusões” (6a / 5.10b, 450m) no Capacete. Ambas contam com várias enfiadas de corda e são relativamente bem protegidas para o padrão de Salinas (famoso pelo estilo arrojado com proteções distantes), e chegando ao cume é possível fazer uma descida rápida pela face leste do Capacete. São necessários pelo menos dois dias para ir até lá, escalar e voltar pro Rio, mas é provável que você não queira ir embora!!

Obs. Por motivo de segurança as escaladas fora do Rio serão agendadas somente após uma avaliação prévia, numa escalada conduzida na Urca para conhecer as reais habilidades do cliente. Consulte-nos sobre mais detalhes!

Submitting Form...

The server encountered an error.

Form received.

 Copyright © 2016 - Climbing in Rio - email: info@climbinrio.com - phone: +55 21 99328.5904 / +55 21 96924.9250

criação e desenvolvimento ideiacafe design e comunicação